Três segredos para o desenvolvimento do seu negócio

Iniciar um novo negócio é sempre desafiador,  mesmo quando se trata de ideias com base tecnológica, escaláveis e altamente replicáveis, como as startups.

Por atuar em cenários instáveis e de grande grau de incertezas as empresas precisam trabalhar 3 caminhos fundamentais para o desenvolvimento de seus negócios: a imersão, o network e os investimentos.

Por isso, há sete anos, desenvolvemos o programa de imersão TechMission, que  tem o objetivo de trazer insights, visão estratégica, conexão e muita reflexão independentemente do seu desafio como inovador, experiência e tamanho do negócio. Neste período, mais de R$ 340 milhões já foram captados para startups.

Andre Monteiro, CEO da Innovators, diz que a qualidade do programa de imersão está diretamente ligado ao perfil dos selecionados, por isso o processo de seleção é rigoroso e  está mais disputado a cada ano. ‘’O perfil do empreendedor é decisivo na escolha final do grupo. Esperamos auxiliá-los com insights, metodologias e exemplos os façam chegar mais rápido, mais longe, que ampliem as suas visões de negócios para que possam transformar as suas startups em empresas globais de referência.”.

Ter a oportunidade de conhecer a cultura do Vale do Silício de dentro para fora, tem sido um divisor de águas para os empreendedores que já participaram do programa. Para Flávio Pripas, participante da primeira edição e atual diretor do CUBO-Itau, a imersão foi fundamental para ter uma mudança de mindset e conseguir um bom investimento para o seu negócio. “O TechMission foi um marco na evolução do nosso negócio – a imersão na cultura do Vale do Silício nos abriu os olhos às oportunidades que existiam não só no Brasil como no mundo. Além disso, nos ajudou a refinar nossa visão, business model, pitch, posicionamento – o que culminou com o investimento que recebemos.”

Conhecer pessoas que vivenciam os mesmos desafios também foi muito importante para o Felipe Sotto-Maior, participante da edição 2016. “Mais que o Vale, foi um aprendizado que me fez repensar o empreendedorismo em si, que aqui é visto como um mix de sonho e loucura, enquanto lá é uma opção de carreira. Por fim, foi uma oportunidade de conhecer algumas pessoas incríveis e formar um novo grupo de amigos que entende melhor os desafios do meu dia a dia.”

O potencial de ampliação de negócios também é uma das características de maior destaque. “Essa imersão na cultura do Vale nos abriu os olhos para sermos globais, aperfeiçoar o modelo de negócio, além do networking sem igual”, para Marcio Ferreira, participante da edição 2015, o programa é um catalisador de negócios.

Neste ano, 12 empreendedores que passaram por um extenso e rigoroso processo seletivo, estão em São Francisco para vivenciar seis dias de uma intensa agenda com mentorias, visitas a algumas das empresa mais inovadoras do mundo, a fundos de investimentos e aulas de empreendedorismo e inovação na Universidade de Stanford.

Conheça as empresas que estão no Techmission 2017:

Prosas | Bruno Barroso – Plataforma que torna mais fácil o investimento social de empresas, fundações e governos, ao mesmo tempo em que divulga oportunidades de captação de recursos para mais de 22.000 cidadãos e 5.300 empreendedores sociais (+15% ao mês) .

ChefsClub | Bruno Valente Serman – Oferece a seus quase 30 mil assinantes experiências gastronômicas deliciosas com descontos de 30% a 50% em mais de 2.000 restaurantes no Brasil.

Sensedia | Kleber Bacilli – Ajuda empresas a se transformarem digitalmente provendo uma solução de full lifecycle API management. Posicionada como Visionária pelo Gartner, está em fase de rápido crescimento (CAGR 75% nos últimos 4 anos).

CaelumPaulo Siveira – Empresa de educação em tecnologia que recentemente entrou pesado na educação online, onde já tem mais de 20 mil alunos pagantes em diversas áreas como programação, design e marketing digital, sendo a esmagadora maioria B2C.

FOTOP | Andre Chaco – O Fotop é uma plataforma de venda de fotos de eventos e atrações turísticas que oferece aos fotógrafos, organizadores de eventos e donos das atrações oportunidades de receita pouco exploradas.

Casar.com | Fabio Novaes de Camillo – Plataforma on/offline que ajuda os noivos durante a jornada do casamento com ferramentas e produtos. A empresa já é a principal marca no mercado brasileiro e atualmente está na fase de alto crescimento.

Tex | Omar Ajame – A TEx é a criadora do TELEPORT, a revolucionária plataforma SaaS que integra Corretoras de Seguros e Seguradoras, que já é utilizado por 10.000 usuários, que transmitiram em 2016 mais de R$ 1,4 bilhão em prêmios de seguros.

Banco Neon | Pedro Conrade – O Banco Neon é o primeiro banco digital do Brasil, baseado em 3 pilares: Preço justo, simplicidade no produto (UX), e um relacionamento com o cliente impecável (Customer Success). Com 120 funcionário, 130 mil clientes, e pouco menos de 1,5 ano de história, o Neon oferece conta bancária em 4 minutos, tudo 100% digital.

Mediação Online | Camilla Feliciano Lopes Pocai – Somos uma law-tech especializada em solução e prevenção de conflitos jurídicos. Nossos processos são 100% online, seguros e com validade jurídica. A MOL é a primeira plataforma extrajudicial no Brasil. No Brasil temos 115 milhões de processos em tramitação na justiça, 40% deles poderia ser resolvidos através de mediação, as empresas perdem 2% da receita bruta com despesas jurídicas.
Hondana | Greg Bateman – Ferramenta para treinamento e capacitação de equipes que utiliza chatbots para garantir sua assertividade, em qualquer local e horário.

Nama | Lúcio de Oliveira – A Nama é uma plataforma de comunicação que provê um conjunto de produtos para conversas automatizadas através de Inteligência Artificial e Deep Learning.

Hubify | Fábio Melo Duran – Hubify ajuda as empresas a gerar mais oportunidades com o marketing digital por meio de uma plataforma própria que integra com mais de 30 canais de mídia, como social midia, ferramentas de busca, de conteúdo, ads e etc.

 

E ainda neste ano haverá uma nova oportunidade de imersão, em breve serão abertas as inscrições para o processo seletivo do Innovators in NYC, programa que levará 15 empreendedores para uma semana em um dos maiores polos de inovação do mundo, na cidade de Nova Iorque (EUA).